27/01/2019

Nota oficial: Governador Torci repassa orientações oficiais sobre ajuda humanitária à cidade de Brumadinho

Por meio da Defesa Civil de Minas Gerais, autoridades públicas informam que não é necessário enviar mais doações para socorro humanitário até o momento. Informações atualizadas na tarde deste domingo (27)

Por Marcelino Silva – Jornalista MTb 47010/SP.
Foto: Divulgação | Rotary Distrito 4420.

Diante da lamentável tragédia ambiental e humanitária que atingiu o município de Brumadinho/MG, na última sexta-feira (25), após o rompimento da Barragem 1, na Mina Córrego do Feijão, mantida pela Vale, o Governador Carlos Torci, do Distrito 4420 do Rotary International, conversou com a Governadora Edite Campos (Distrito 4760), responsável pela área de abrangência que contempla a cidade atingida pelo desastre. O contato teve como finalidade identificar as reais necessidades em relação aos primeiros socorros dos afetados pelo acidente, além de informar os rotarianos do Distrito 4420 para que realizem ações planejadas sob orientação do Distrito 4760 e das autoridades públicas de Minas Gerais.

Por meio de nota oficial nos meios distritais de comunicação, Torci ressaltou a importância de ações planejadas que preservem o trabalho realizado pelas forças de segurança que atuam no local da tragédia. “Sabemos que os rotarianos do Distrito 4420 estão comovidos com tudo que vem acontecendo nas regiões atingidas. No entanto, diante do contato estabelecido com a Governadora Edite, solicitamos que todos sigam os informes oficiais da Defesa Civil da Minas Gerais para que sejam identificadas as reais necessidades para qualquer ação de ajuda humanitária às comunidades locais. Estaremos em contato contínuo com o Distrito 4760 para melhor informar aqueles que desejam ajudar efetivamente em nome do rotarismo brasileiro”.

Em contato com o coordenador local da Defesa Civil, a Governadora Edite obteve a informação de que já foi montada uma estrutura multidisciplinar com voluntários, bombeiros, médicos, psicólogos e socorristas para o atendimento básico em Brumadinho. Segundo ela, no atual momento, principalmente para os rotarianos que estão longe de Minas Gerais, não existe a necessidade premente de presença local. “As necessidades básicas no momento do acidente eram água potável, produtos de higiene pessoal e alimentos não perecíveis que não exijam cozimento, como biscoitos ou similares prontos para consumo. A necessidade destes itens não é calamitosa e acreditamos que foi suprida pelos rotarianos e voluntários mais próximos de Brumadinho”.

De imediato, o Distrito 4760 colocou à disposição dos rotarianos uma conta bancária para depósitos voluntários. Os recursos serão utilizados em projetos e situações emergenciais que surgirem pelo advento da tragédia em Brumadinho. Ela ressalta que a conta é uma ferramenta específica para essa finalidade e direcionada à confiança espontânea dos rotarianos. “A demanda alimentar e social está sob controle localmente. Caso sejam obtidos, os recursos financeiros por meio dos rotarianos serão utilizados nas demandas e projetos oficiais que irão surgir daqui pra frente, em conformidade com a Defesa Civil e autoridades públicas de Minas Gerais. Agradecemos de coração por toda ajuda e oferta que estamos recebendo dos clubes e distritos de Rotary de várias partes do Brasil”, finalizou a Governadora Edite.

 

Estaremos em contato contínuo com o Distrito 4760 para melhor informar aqueles que desejam ajudar efetivamente.

– Carlos Torci –

Dados bancários do Distrito 4760:

  • Bradesco.
  • Agência: 2268.
  • Conta corrente: 0079240-3.
  • CNPJ: 016.731.219/0001-09.
  • Titular: Associação dos Rotary Clubes do Distrito 4760 de Rotary Internacional.

Informações oficiais sobre o socorro às vítimas estão disponíveis nos canais abaixo:

Compartilhe:

Sobre Revista Rotary 4420

Revista Rotary 4420

  • Email

Enviar comentário

*